Com participação do Sinjufego, Fórum Goiano contra a Reforma da Previdência inaugura tenda da resistência

Publicado em 03/04/2017


Promovido pelo Fórum Goiano contra a Reforma da Previdência, coletivo de luta do qual o Sinjufego é integrante, na última sexta-feira, 31, com a participação de quase mil trabalhadores oriundos das mais diversas entidades, realizou-se no centro de Goiânia excelente ato público em protesto contra as reformas propostas pelo Governo Temer. Em cumprimento ao Calendário Nacional de Lutas, o ato do dia 31/03 é preparatório para a grande mobilização em torno do fortalecimento da Greve Geral marcada para ocorrer no dia 28/04. 

O movimento do dia 31/03 consistiu em diversas manifestações de várias categorias que se encontraram na Praça do Bandeirante, marco central de Goiânia para onde converge boa parte da população da capital. No local foi inaugurada a tenda do Fórum que ficará permanentemente no local para dialogar e conscientizar o povo acerca das consequências dos ataques do Governo Temer à classe trabalhadora, em especial as reformas previdenciária e trabalhista.

O coordenador do Fórum Goiano contra as reformas e também diretor do Sindicato dos Servidores da UFG e do IFG (SINT-IFESgo), João Pires, alertou para a necessidade de intensificar a manifestação. “O ato de sexta-feira último foi muito importante. Mostrou que a classe trabalhadora está atenta aos desmandos do governo corrupto de Michel Temer. Mas não podemos parar por aqui. Se não intensificarmos a luta, o governo, que já limitou os investimentos em educação e saúde por 20 anos ano passado, vai acabar de desmanchar o estado brasileiro”.

Presente ao ato, o vice-presidente do Sinjufego, Aurélio Gomes, observou que a mobilização contra a Reforma da Previdência vem ganhando cada vez mais simpatia da população brasileira. "A luta contra a Reforma da Previdência já não é mais uma pauta exclusiva das entidades sindicais, ela é agora de toda a sociedade, inclusive de estudantes e de pessoas que estão fora do mercado de trabalho. É uma causa que interessa a todos que buscam um futuro melhor. Isso se confirma quando se percebe que a população está aplaudindo e aderindo positivamente aos atos realizados pelas entidades sindicais", constatou o dirigente. 

Também esteve no ato o diretor do Sinjufego, Valmir Mota, que ressaltou a importância da categoria do Judiciário Federal de Goiás em fortalecer cada vez mais a luta contra a Reforma da Previdência. "Depois do congelamento salarial por 20 anos, da Terceirização, a categoria não pode assistir de forma passiva a mais esse grande ataque ao direito dos servidores, principalmente os servidores mais novos de Casa que correm o sério risco de contribuírem sem alcançar o direito de se aposentar".

---

Da Redação do Sinjufego
1 1