Em ato histórico, 15 mil ocupam o centro de Goiânia para protestar contra a Reforma da Previdência

Publicado em 15/03/2017

WhatsApp Image 2017 03 15 at 16.38.41Reunindo todas as Centrais, com apoio de diversos sindicatos representando os setores privado e público, Goiânia registrou no dia de hoje, 15, um dos maiores atos contra a Reforma da Previdência, chegando a contar no seu auge com mais de 15 mil manifestantes.

Em Ato Nacional programado para ocorrer ao longo deste dia 15/03, as entidades goianas começaram a se concentrar a partir das 10h no Coreto da Praça Cívica, ponto histórico da cidade. Por volta do meio-dia, após aglutinar as passeatas de outros sindicatos, juntou-se uma grande multidão que desceu em caminhada até a Praça do Bandeirante, que é o marco zero da capital por onde cruzam as avenidas Anhanguera e Goiás, que são as principais vias do centro. Nesse local, ocorreu o encontro dos vários caminhões de som, o que fez com que a polícia militar desviasse o trânsito de veículo nas imediações.

3Nas falas dos dirigentes sindicais, foi exaltado o sucesso da mobilização e reforçado o apelo para que nos próximos atos o número de pessoas seja ainda mais expressivo. "Somente ganhando as ruas de todo país é que será possível barrar esse monstruoso ataque contra os direitos do trabalhador", ressaltaram as lideranças que também foram unânimes em dizer que a Reforma da Previdência somente vai interessar aos bancos que vão ganhar bilhões com os fundos de pensão.

Outro ponto destacado pelos manifestantes foi a citação do calote na Previdência dado pelas grandes empresas: são mais de 429 bilhões em sonegação de contribuição previdenciária, o que revela que o tão propalado déficit da Previdência é uma falácia construída pelo Governo para ganhar a simpatia da população e facilitar a aprovação da PEC 287/2016. 

2No ato de hoje, dia 15/03, e ao lado dos servidores do Judiciário Federal de Goiás, a direção do Sinjufego compareceu  a essa importante manifestação com os diretores Valmir da Mota, João Batista, além do presidente Leopoldo Lima, acompanhado pelo vice-presidente Aurélio Gomes.

O Sinjufego, desde já, agradece à organização do ato, em especial, às entidades integrantes do Fórum Goiano contra a Reforma da Previdência, coletivo do qual o Sinjufego tem o orgulho de fazer parte.

---
Da Redação do Sinjufego