Em mais um dia de mobilização contra as Reformas do Governo Temer, trabalhadores fazem Greve Geral nesta sexta-feira, 30

Publicado em 30/06/2017

A Greve Geral deste dia 30/06 já é a terceira ocorrida neste ano de 2017. As últimas foram realizadas nos dias 15/03 e 28/04.

Em todas elas está presente uma pauta única afeta ao conjunto da classe trabalhadora, seja do setor privado ou do serviço público: a luta contra as Reformas Trabalhista (PLC 38/2017) e Previdenciária (PEC 287/2016). São propostas financiadas pelo capital especulativo, banqueiros e grandes empresários que possuem suas bancadas de parlamentares no Congresso Nacional. 

Neste dia 30/06, acompanhando o Fórum Goiano contra a Reforma da Previdência, os dirigentes do Sinjufego e os servidores do Judiciário Federal estarão atuando nos atos  de mobilização, principalmente nas manifestações de ruas pelo centro de Goiânia.

Repetindo o êxito das greves passadas, o foco da organização do movimento está na paralisação dos serviços de transporte e de bancos, setores fundamentais para o sucesso da Greve Geral.

Para os servidores do Judiciário Federal a preocupação é aumentada com a perspectiva de enfraquecer as Justiças Trabalhista e Eleitoral. No pacote de maldades do Governo Temer, a Reforma Trabalhista esvazia a competência dos TRTs e do TST fazendo com que haja até questionamento sobre a real necessidade de se manter a atual estrutura da Justiça do Trabalho. Já na Justiça Eleitoral, há o ataque do presidente do TSE para reduzir o número de Zonas Eleitorais, proposta que vai dificultar a atuação dos servidores no combate à corrupção eleitoral, facilitando assim o crescimento do caixa 2.

---

Sinjufego