Fonaprecam vai denunciar suicídio de servidor do MP-SC

Publicado em 30/08/2017

Compartilhe

O Fonaprecam - Fórum Nacional Permanente de Prevenção e Combate ao Assédio Moral - coletivo de luta que congrega servidores públicos das esferas federal, estadual e municipal, ocupando cargos nos três poderes e no MP, emite esta nota de pesar pelo falecimento do servidor concursado do MP-SC.

Lotado na cidade de Chapecó, o servidor vinha sendo alvo de processo administrativo disciplinar. Segundo noticia o SIMPE-SC, que é o sindicato de base, o servidor tomou a atitude extrema por causa do assédio moral ao qual estava sendo submetido.

Origem de várias doenças, com intenso abalo psicológico, o Fonaprecam alerta sobre a gravidade que é a prática do assédio moral no ambiente de trabalho, o que pode resultar, não raro, em suicídios de servidores. As administrações públicas, invariavelmente omissas, não possuem políticas internas de recursos humanos que visem reduzir a perseguição das chefias sobre os seus subordinados. Com a crescente cobrança para bater metas, em ritmo frenético de escalas de produção industrial, a tendência é o agravamento da saúde laboral dos servidores públicos.

Desse fato lamentável que vitimou o servidor, e atuando em medida preventiva para que não ocorram outros casos, o Fonaprecam vai se juntar a outras entidades sindicais para denunciar o caso às autoridades competentes, em especial ao Ministério Público do Trabalho.

---

Fonaprecam - Fórum Nacional Permanente de Prevenção e Combate ao Assédio Moral